sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

Marco Maciel destaca a contribuição de Azevedo, ex-reitor da UnB, para a consolidação da Universidade

O senador Marco Maciel (DEM-SP), nesta quinta-feira (25), fez questão de mostrar o seu pesar pelo falecimento do ex-reitor da Universidade de Brasília (UnB), José Carlos de Almeida Azevedo. Capitão da Marinha e membro da Academia Brasiliense de Letras, Azevedo morreu em Brasília na terça-feira (23), aos 78 anos, devido a uma infecção pulmonar decorrente de pneumonia. Deixou duas filhas, três netos e a viúva Maria do Carmo.
- Ele era uma pessoa de temperamento forte e, intelectualmente, muito preparado em diferentes campos das diferentes especialidades da engenharia. E, de alguma forma, ele muito contribuiu para consolidar a Universidade de Brasília. Não é sem outro motivo que hoje a Universidade é reputada como uma das melhores do país - afirmou o senador.
Marco Maciel registrou que Azevedo nasceu em Salvador, em 11 de janeiro de 1932, e comandou a UnB entre 1976 e 1985. Além de reitor, também foi professor da universidade por 17 anos. O senador disse ainda que Azevedo tinha formação em Física, Engenharia e Arquitetura Naval.
Em aparte, o senador Gerson Camata (PMDB-ES) associou-se à homenagem.
- Quem deu corpo, quem consolidou a Universidade de Brasília foi ele. Agregou cursos, colocou cursos de pós-graduação e se tornou, portanto, um benemérito dessa instituição de ensino superior - disse Camata.
Agência Senado
Leia o pronunciamento na íntegra...

Ou assista ao vídeo do discurso a seguir...

video

Nenhum comentário:

Postar um comentário