quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Instabilidade na América Latina

Venezuela pede ao Conselho de Segurança da ONU para considerar o conflito colombiano

A Venezuela solicitou formalmente nesta quarta-feira (26), ao Conselho de Segurança da ONU, a inclusão em sua agenda de "uma revisão do conflito armado na Colômbia", que, segundo as autoridades venezuelanas, estaria colocando em perigo a paz e a segurança na região. O embaixador venezuelano, Jorge Valero, entregou a nota oficial para os presidentes do Conselho e da Assembléia Geral. Ele disse que sete instalações militares norte-americanas na Colômbia, recentemente acordadas entre os dois governos, “agravou a situação em um país que tem a segunda maior população de pessoas deslocadas em todo o mundo, segundo dados da ONU”. O diplomata sublinhou que a Venezuela é a mais afetada pelo conflito no país vizinho. "Sete bases militares estrangeiras estabelecidas na Colômbia, são orientados para a projeção de poder global, que visa dissuadir, sob a ameaça de operações militares para países que mantêm posições críticas em relação às suas políticas imperialistas", disse ele. Embaixador Valero disse que os governos sul-americanos manifestaram preocupação com o primeiro acordo bilateral. Ele acrescentou que o “Plano Colômbia” de combate às drogas, não resultou em diminuição no cultivo de coca e a produção de cocaína, pelo contrário do que se imagina, tem aumentado. "O tráfico de drogas e grupos paramilitares têm penetrado profundamente o Estado colombiano. As conexões políticas e a influência de cartéis e paramilitares são decisivos e têm uma grande influência nos níveis mais altos de governo e entre os militares ", disse ele. Valero concluiu que o conflito interno colombiano não pode ser resolvido por meios militares, mas de forma política, como já aconteceu em outras guerras civis na região.

Um comentário:

  1. Ola visitei seu blog e gostei muito e gostaria de convidar para acessar o meu também e conferir a postagem de hoje: Meditações “Latino”-Americanas
    Sua visita será um grande prazer para nós.
    Acesse: www.brasilempreende.blogspot.com
    Atenciosamente,
    Sebastião Santos.

    ResponderExcluir